Uma reflexão cristã em josue 4

As 24 pedras do Rio Jordão, uma reflexão cristã em Josué 4.

 A Bíblia o livro singular e extraordinário, não me canso de afirmar isso. Esta afirmação para mim é como comer uma colher do chocolate “Ferrero Rocher” (rsrsrsrs). Estou pronto a dizer isso em qualquer lugar do mundo e na frente de quem quer que seja para glória de Deus. Eu mesmo não saberia descrever como seria minha vida sem a Bíblia, nem gosto de pensar nisso. Se eu dependesse apenas de filosofias humanas, talvez já tivesse cometido suicídio. Porque quando abro este livro, em qualquer parte, e medito nele com uma mente cristã encontro sempre Deus falando comigo, me tocando, me mudando, me ajudando, me transformando, me santificando, me avisando, me ensinando, me entregando lindas mensagens para transmitir aos outros à fim de fazerem a vontade de Deus. Por favor, mergulhe neste oceano e você vera que é isso mesmo e muito mais.

Bom, vamos ao que interessa: as 24 pedras do rio Jordão, o tema deste comentário. Leia o capítulo 4 do livro de Josué, por favor, leia-o todo antes de continuar. Nesse trecho, Josué ordena que os homens de Israel, ao saírem do leito do rio Jordão, recolhessem doze pedras e fizessem delas uma coluna no meio do rio, pois quando as águas voltassem ao seu leito normal a cobririam completamente e a sepultariam para sempre. Josué ordenou também que os mesmos homens, ao saírem do Jordão, levassem consigo 12 pedras para o lugar onde acampariam chamado Gilgal.

A palavra Jordão quer dizer “aquele que desce”, uma boa figura do que Cristo fez em nosso favor, “Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu”João 3:13; “Porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo”.João 6:33; “Este é o pão que desce do céu, para que o que dele comer não morra”.João 6:50. Quando vamos a Cristo estamos indo àquele que desceu para nos salvar, Jesus desceu até nós, desceu até a sepultura, desceu até o inferno ao paraiso; “Ora, isto-ele subiu-que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra?”Efésios 4:9; “O SENHOR é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela”.1Samuel 2:6.

O rio Jordão atravessa as páginas do antigo e novo testamento assim como Cristo. O rio Jordão foi importante para todos os povos daquela região assim como Cristo é importante para todos os povos de nosso tempo. Foi entorno deste rio que aconteceram grandes eventos Bíblicos que entorno de Cristo ganham sentido. O rio Jordão desce em direção ao mar morto assim como Cristo desceu em direção a este mundo morto. Enfim, as semelhanças são muitas, mas a principal é que no rio Jordão a vida e a morte se encontraram várias vezes, quando o rio secava havia morte em sua volta. Toda a vegetação sentia mais quando o Jordão estava cheio, então existia vida abundante, portanto quando vamos a Cristo encontramos a morte e a vida.

As doze pedras que ficariam sepultadas dentro do Jordão apontam para nossa identificação com a morte de Cristo: “De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida”Romanos 6:4. Quando vamos a Cristo, carregamos doze pedras pesadas que tornam nossa vida um fardo sem sentido, portanto quando aceitamos o convite de cristo que diz: “vinde a mim todos os cansados e sobrecarregados”, então levamos à Ele nossas doze pedras. Veja, aqui não tenho espaço suficiente para comentar sobre todas as pedras que levamos ao Jordão, que é Cristo, mas pelo menos as citarei para que você depois se aprofunde em seu estudo bíblico individual. A primeira pedra: a pedra da condenação; a segunda: a pedra da culpa; a terceira: a pedra da escravidão; a quarta: a pedra da morte; a quinta: a pedra das trevas; a sexta: a pedra do orgulho; a sétima: a pedra da desobediência; a oitava: a pedra dos desejos carnais; a nona: a pedra do desânimo; a décima: a pedra da incredulidade; a décima primeira: a pedra da hipocrisia (a pedra do velho homem) e a décima segunda: a pedra do engano. Bom, já deu para perceber como nossa vida antes do Jordão não era nada fácil? Porém quando chegamos a Cristo, Ele pede para que lançemos todas estas pedras sobre Ele e que as deixemos sepultadas nEle para sempre. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram…”.2 Coríntios 5:17. “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam…”.Filipenses 3:13e14. “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; …”.Gálatas 2:20. “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade…”.1 Pedro 5:7. “Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele…”.Salmos 37:5.

Quando vamos a Cristo deixamos lá nossas doze pedras, entretanto recebemos outras doze que apontam para nossa nova vida, após o Jordão. Agora somos abençoados com todas as bençãos espirituais, em Cristo Jesus somos desafiados a começar uma nova edificaçao espiritual com novos fundamentos, uma casa espirtual bem alicerçada; “Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo.”1 Pedro 2:5; Recebemos as pedras da justificação; do perdão; da vida eterna; da liberdade; da iluminação, com a luz de Cristo; da humanidade, de Cristo; da confiança, na palavra de Deus; do discipulado; da verdade; da sinceridade; da santificação e a pedra da oração; “(…)assim andemos nós também em novidade de vida.” Romanos 6:4. “Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne.” Hebreus 10:20. “E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.” Efésios 4:24. “Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz.” Efésios 2:15. “Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.” Romanos 6:6. “Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; E vos renoveis no espírito da vossa mente” Efésios 4:22,23.

About these ads
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a Uma reflexão cristã em josue 4

  1. ROSIVALDO DO R. BARROS diz:

    Esse comentário de Josué 4, é bastante rico… Primeiro pela tipologia apicada nesse texto. A uma sincronia perfeita em os Testamentos que compõem o Livro Sagrado (VT / NT). Quando temos a capacidade de compreender isso, tudo faz sentido na Bíblia. Sabem porquê ? Se não hovesse uma ligação entre o VT e NT, a Bíblia seria uma coleção de histórias, sem sentido, intenção, propósito, ou alvo a ser alcançado. Parabéns pelo comentáio. Que o Senho te abençoe !
    Contato: 81 – 88479144 . Sou estudante de Teologia, e esse espaço é muito importante pra mim. Creio que pra todos que amam a Palavra de Deus, e o Deus da Palavra. Shalon !

    • meu qurido irmao obrigado por suas consideraçoes , espero que relamente tenha sido de grande relevancia para seu aprendizado sobre a simetria biblica vetero e neotestamenria,

      dilvulque esse link

      um fraternal abraço

      de seu irmão

      sandro barcelos

  2. ROSIVALDO DO R. BARROS diz:

    CORREÇÃO: ONDE LERAM (APICADA), FAVOR DESCONSIDERAR. FOI UM ACIDENTE DE DIGITAÇÃO. A PALAVRA CORRETA É APLICADA

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s