As Duas Declarações de Raabe a Prostituta

As duas declarações de Raabe, a prostituta

Muitos personagens da bíblia nos chamam muita atenção pelos seus feitos heróicos e por suas vidas de temor e amor a Deus. Quem não se admira com a vida de Moisés, de Josué, Gideão, Salomão ou Davi? A Bíblia sempre nos surpreende com narrativas biográficas nada convencionais que, se dependessem de nós, não estariam registradas em suas páginas, por exemplo, o pecado de Davi com Bate-Seba, ou o homicídio de Moisés, as mentirinhas de Abraão, a poligamia de Salomão ou a covardia e o medo de Gideão. A bíblia como sempre digo é um livro singular e extraordinário, realmente um pedaço da mente de Deus (aleluia!).

O mais impressionante é quando nos deparamos com o relato bíblico sobre pecadores que passariam despercebidos por nós senão falassem coisas tão tremendas e importantes acerca de Deus, e suas falas ficaram registradas na história bíblica e hoje formam os fundamentos de nossa fé. Poderia falar de muitos desses casos como por exemplo, os marinheiros do navio onde estava Jonas; Nabucodonosor, entre outros, que mesmo sendo ímpio falaram coisas tremendas sobre a natureza e caráter de Deus.

 Mas hoje quero me prender as afirmações teológicas de Raabe, a prostituta. Você sabe que Raabe foi aquela prostituta que hospedou os espias que Josué mandou à Jericó, esta historia está relatada no livro de Josué, capítulos 1 e 2. Lógico que não entrarei em detalhes sobre tudo o que aconteceu nos capítulos acima descritos, seria bom se você tirasse um tempo para ler esses texto .

  O que desejo destacar aqui são as afirmações extraordinárias desta mulher sofrida, pecadora, que explorava seu corpo para sobreviver , suas afirmação sobre Deus  mais impressionantes estão no capítulo 2:11, na última parte do texto que vou reproduzir aqui: “(…) pois o senhor vosso Deus é Deus em cima nos céus e embaixo na terra”.

Bom, creio que você já esta tendo uma idéia da grandeza desta afirmação para a nossa fé cristã. Para o bem da verdade é bom que se diga que do jeito que as coisas andam hoje, não sei se há muitos cristãos que compreendem esta afirmação sobre Deus. Infelizmente, o que mais se devia saber é o que menos se sabe hoje.

 Em primeiro lugar, esta afirmação toca em um ponto realmente  maravilhoso: a imanência e transcendência de Deus, ou seja, Deus em cima, nos céus: transcendência, e Deus em baixo, na terra: imanência. Isto pode mudar totalmente nossa visão à cerca de tudo, e isso também é um ponto forte de nossa fé hoje, como o era naquele tempo, até mesmo para esta prostituta.

 Vejamos, a transcendência de Deus está relacionada com sua independência de toda criação, Ele não depende de nada nem de ninguém para existir, está acima de tudo e de todos, portanto, Deus e criatura, Deus e criação são coisas totalmente distintas. A afirmação desta mulher é um golpe no panteísmo, o qual afirma que Deus é tudo e tudo é Deus. A criação e a criatura carregam a imagem e as digitais de Deus, mas Ele não traz a imagem e as digitais de ninguém.

 Assim como o céu está distante da terra, assim estão os pensamentos de Deus. Veja que a transcendência de Deus não diz respeito somente à sua presença, mas também a seus pensamentos. Paulo disse: “quem poderá entrar na mente de Deus sendo que Ele está acima de tudo?”. Se universo deixasse de existir, Deus permaneceria intacto eternamente, nenhum dos atributos dEle seria atingindo mas, se por acaso, Ele deixasse de existir (rsrsrsrs, isso é impossível) o universo deixaria de existir instantaneamente, por uma desordem total, entraria numa irracionalidade completa e por fim o caos .

 Bom, agora estamos preparados para a segunda questão: a imanência de Deus, “acima, nos céus, e em baixo, na terra”. Ufa, que alívio heim! Esta afirmação, veja que profundidade, em outras palavras diz que Deus desce ate nós. Ele está se relacionando com sua criação, ela reconhece a providência dele na história. Essa prostituta conseguiu perceber que os homens simplesmente não fazem o que querem sem o conhecimento de Deus, não. Mas esta afirmação: “Deus em baixo, na terra” mostra que Ele está no controle de todas as ações. Livre dos homens o que faz Deus, o Senhor da história.

Não estamos em um barco à deriva, dirigidos por marinheiros livres e independentes do almirante em terra. Mesmo que o almirante esteja ausente fisicamente do barco, os marinheiros estão sob seu poder e supervisão. Portanto mesmo que os ímpios ajam livremente na terra pensando que Deus está passeando em algum lugar e não vê nada, é puro engano. Deus está na terra através da sua igreja; da sua palavra revelada, a Bíblia, e através de seu Espírito Santo. Deus em baixo, na terra.

 

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s